segunda-feira, 22 de maio de 2017

Mãezinha

Antonio Carlos Ramos (a.carlos.ramos2011@bol.com.br)

cidade: Jacarezinho
estado: PR
idade: De 61 a 70 anos


Mãezinha eu sei que em breve ira partir
Sei que vai rumo à eternidade
Em nossos corações vai deixar
Uma eterna saudade
Mãezi nha eu sei que precisas ir
Chegou o dia e o Senhor ti chamou
Porque uma vida inteira 
O nome dele sempre falou
Mãezinha a vida vai ser difícil sem você
Nesse mundo nunca vamos te esquecer
Aqui foi uma eterna guerreira
Por nós lutou, venceu e ganhou o troféu.
A sua missão aqui já terminou
Mãezinha antes que vá embora
Um pedido eu te faço agora
Para levar contigo ate o céu

(Repetir)
Mãezinha quando chegar lá na eternidade
Vai sentir só alegria em seu coração
E quando atravessar o portão
Sei que vai encontrar somente luz
Vai ver nossa Senhora e o Senhor Jesus
A sua frente terá sua presença
E ele vai passear contigo no céu
E vai te apresentar ao meu Deus
Entregue a eles minha lembrança.


Jacarezinho, 12 de Julho de 2016
tonyramos

Mães e avós

Ivone Boechat (.boechat@terra.com.br)

cidade: Niterói
estado: RJ

Mães e avós

 Cabelos brancos,
pele cansada,
marcas da jornada;
passos lentos,
voz embargada
pelos ventos
da caminhada;
mãos firm es,
olhos com brilho
de felicidade,
coração aberto
para o filho,
não importa idade.

Ivone Boechat

Bom dia a todos!

Mariana Souza Lima (mariband@live.com)

cidade: Diadema
estado: SP

Bom dia a todos!

Sou aluna no curso de biblioteconomia e gostaria de poder aproveitar este espaço para verificar se vocês gostariam de participar da minha pesquisa para o TCC.

Ela trata sobre a influencia da leitura na qualidade de vida de pessoas na terceira idade e seria muito bacana se vocês pudessem participar.

Eu criei a enquete neste link a seguir:
https://www.survio.com/survey/d/X0A5Y4Q2Q0V4T1K8T

Basta entrar, responder e enviar (não necessita identificação nem login).

Muito obrigada à todos!!

MÃE

MARIA AMELIA LEAL (contato@portalterceiraidade.org.br, amelia.leal@aasp.org.br)

cidade: São Paulo
estado: SP

MÃE


A presença sempre constante
A mãe que a todo o instante
A que ausente está presente
A mãe sentimento não mente!

É do filho que acompanha
É ver os passos primeiros
É ver o engatinhar, manha
É o sorrisinho matreiro!

É verificar mochila escolar
É o lanche, roupa preparar
É o jovem, futuro alcançar
É a vida seu curso levar!

É a constante preocupação
É saber por onde andarão
É a sua eterna proteção!
É voz ouvida do coração!

É procurar os caminhos
É ela evitando espinhos
É dela que vai depender
É que o filho vá vencer!

É aquela que reverencio
É aquela que já partiu
É a mãe muito abençoada
É ela, mãe homenageada!

(Maria Amélia Leal)

Eu E A Lua

ANTONIO CARLOS RAMOS ( a.carlos.ramos2011@bol.com.br)

cidade: Jacarezinho
estado: PR
idade: De 61 a 70 anos
sexo: masculino

 Eu E A Lua


Numa dessas madrugadas fria
Eu chorava de paixão
Por um alguém que foi embora
Ferindo o meu coração
Se m dormir eu ficava a noite inteira
A lua era minha companheira
Era eu e ela e o meu violão

Sei que um dia pelo sol ela se apaixonou
Mas nunca viveu uma noite de amor
Para como eu poder recordar
A felicidade para ela talvez não exista
Pode parecer que esta sempre triste
Mas alguém como eu ela vive a consolar

Na noite ela surge com seu manto de prata
Muitas vezes me acompanhou numa serenata
Só partia quando o sol começava aparecer
Com o sol ela nunca se encontrou
Mas sempre dividiu o céu com muito amor
Ela fez de mim um sonhador
Mostrou-me que mesmo só, vale a pena viver.

tonyramos 29/04/2017