segunda-feira, 22 de maio de 2017

Mãezinha

Antonio Carlos Ramos (a.carlos.ramos2011@bol.com.br)

cidade: Jacarezinho
estado: PR
idade: De 61 a 70 anos


Mãezinha eu sei que em breve ira partir
Sei que vai rumo à eternidade
Em nossos corações vai deixar
Uma eterna saudade
Mãezi nha eu sei que precisas ir
Chegou o dia e o Senhor ti chamou
Porque uma vida inteira 
O nome dele sempre falou
Mãezinha a vida vai ser difícil sem você
Nesse mundo nunca vamos te esquecer
Aqui foi uma eterna guerreira
Por nós lutou, venceu e ganhou o troféu.
A sua missão aqui já terminou
Mãezinha antes que vá embora
Um pedido eu te faço agora
Para levar contigo ate o céu

(Repetir)
Mãezinha quando chegar lá na eternidade
Vai sentir só alegria em seu coração
E quando atravessar o portão
Sei que vai encontrar somente luz
Vai ver nossa Senhora e o Senhor Jesus
A sua frente terá sua presença
E ele vai passear contigo no céu
E vai te apresentar ao meu Deus
Entregue a eles minha lembrança.


Jacarezinho, 12 de Julho de 2016
tonyramos

Mães e avós

Ivone Boechat (.boechat@terra.com.br)

cidade: Niterói
estado: RJ

Mães e avós

 Cabelos brancos,
pele cansada,
marcas da jornada;
passos lentos,
voz embargada
pelos ventos
da caminhada;
mãos firm es,
olhos com brilho
de felicidade,
coração aberto
para o filho,
não importa idade.

Ivone Boechat

Bom dia a todos!

Mariana Souza Lima (mariband@live.com)

cidade: Diadema
estado: SP

Bom dia a todos!

Sou aluna no curso de biblioteconomia e gostaria de poder aproveitar este espaço para verificar se vocês gostariam de participar da minha pesquisa para o TCC.

Ela trata sobre a influencia da leitura na qualidade de vida de pessoas na terceira idade e seria muito bacana se vocês pudessem participar.

Eu criei a enquete neste link a seguir:
https://www.survio.com/survey/d/X0A5Y4Q2Q0V4T1K8T

Basta entrar, responder e enviar (não necessita identificação nem login).

Muito obrigada à todos!!

MÃE

MARIA AMELIA LEAL (contato@portalterceiraidade.org.br, amelia.leal@aasp.org.br)

cidade: São Paulo
estado: SP

MÃE


A presença sempre constante
A mãe que a todo o instante
A que ausente está presente
A mãe sentimento não mente!

É do filho que acompanha
É ver os passos primeiros
É ver o engatinhar, manha
É o sorrisinho matreiro!

É verificar mochila escolar
É o lanche, roupa preparar
É o jovem, futuro alcançar
É a vida seu curso levar!

É a constante preocupação
É saber por onde andarão
É a sua eterna proteção!
É voz ouvida do coração!

É procurar os caminhos
É ela evitando espinhos
É dela que vai depender
É que o filho vá vencer!

É aquela que reverencio
É aquela que já partiu
É a mãe muito abençoada
É ela, mãe homenageada!

(Maria Amélia Leal)

Eu E A Lua

ANTONIO CARLOS RAMOS ( a.carlos.ramos2011@bol.com.br)

cidade: Jacarezinho
estado: PR
idade: De 61 a 70 anos
sexo: masculino

 Eu E A Lua


Numa dessas madrugadas fria
Eu chorava de paixão
Por um alguém que foi embora
Ferindo o meu coração
Se m dormir eu ficava a noite inteira
A lua era minha companheira
Era eu e ela e o meu violão

Sei que um dia pelo sol ela se apaixonou
Mas nunca viveu uma noite de amor
Para como eu poder recordar
A felicidade para ela talvez não exista
Pode parecer que esta sempre triste
Mas alguém como eu ela vive a consolar

Na noite ela surge com seu manto de prata
Muitas vezes me acompanhou numa serenata
Só partia quando o sol começava aparecer
Com o sol ela nunca se encontrou
Mas sempre dividiu o céu com muito amor
Ela fez de mim um sonhador
Mostrou-me que mesmo só, vale a pena viver.

tonyramos 29/04/2017

terça-feira, 18 de abril de 2017

Reencontrei Jesus No Caminho

ANTONIO CARLOS RAMOS (a.carlos.ramos2011@bol.com.br)

cidade: Jacarezinho
estado: PR
idade: De 61 a 70 anos
sexo: masculino
POESIAS



Reencontrei Jesus No Caminho



Ainda jovem te encontrei pelo caminho
Não te segui e escolhi viver sozinho
Achava o s eu amor uma escravidão
Um dia deixou o trono uma coroa e a gloria
Para descer onde eu me encontrava
E para sempre mudou a minha historia
Usou sandálias e as vestes de um plebeu
Deixou que o pó cobrisse os pés seus
Sobre uma pedra sua cabeça repousava
Um dia reencontrei humilhado e sozinho
Carregando uma cruz pelo caminho
Senti vergonha de cada ato meu

Ele bebeu o cálice que eu devia beber
Sentiu as dores que eu devia sofrer
Percebi o alto preço que pagou por mim
La na cruz eu vi ele crucificado
Se a vida pela minha não tivesse trocado
Não existiria essa historia e esse triste fim

Erguendo os olhos ainda ousei pedir perdão
Sentindo em pedaços o meu coração
Ele olhando para mim fitava os olhos meus
Disse dos seus pecados Deus se esqueceu
Porque os seus erros a mim confessou
Então descobri que naquele instante
Eu me unia a ele, porque muito me amou.

14/04/2017

a.carlos.ramos2011@bol.com.br

CORRUPÇÃO

MARIA AMÉLIA LEAL ( amelia.leal@aasp.org.br)

cidade: São Paulo
estado: SP
idade: De 61 a 70 anos
sexo: feminino
 POESIAS

CORRUPÇÃO

São joias de valor
Dinheiro no exterior
É tanta politicagem
Denegrindo a imagem!

Onde estão os valores
Onde estão o s amores
Onde está a decência
onde está a clemência!

As listas intermináveis
De premiadas delações
De figuras improváveis
No rol das decepções!

O dinheiro incontável
No ralo da corrupção
O número inestimável
Que gera a inflação!

Reina o desemprego
A saúde abandonada
A segurança dá medo
Educação questionada!

Por Justiça o clamor
Não dá para aceitar
Roguemos ao Senhor
Para o Brasil salvar!

(Maria Amélia Leal)
Em 11.04.2017

Indignada com a 
divulgação de nova
lista, nesta data
da Lava Jato envolvendo
governadores,senadores, etc

Um Caminho Pra Ser Feliz

ANTONIO CARLOS RAMOS ( a.carlos.ramos2011@bol.com.br)

cidade: Jacarezinho
estado: PR
idade: De 61 a 70 anos

POESIAS

Um Caminho Pra Ser Feliz

Irmão você esta cansado de procurar
O caminho de sua vida e não consegue encontrar
E já n ão sabe mais qual rumo seguir
Eu também vivi assim parte da minha vida
Irmão eu posso te ajudar encontrar a saída 
Mostrar o caminho que encontrei pra ser feliz

Como você comigo aconteceu um dia 
Eu caminhava sem saber para onde ia
Foi quando parei para pensar
Numa manha vi um belo dia nascer
Atrás do monte vi o sol aparecer
E os passarinhos cantavam sem parar
Parecia que alguém eles agradecia
Por ter nascido aquele lindo dia
Aquele cenário eu estava a contemplar

Á tarde eu vi uma chuva mansa cair
Parecia que as plantas e as flores estavam a sorrir
E o verde de sua vida eu vi realçar
Á noite no céu surgiram às estrelas a brilhar
Pouco depois a lua veio acompanhar
Formando um espetáculo sem igual

Foi quando consegui compreender
Por trás dessa obra prima deveria ter 
Um alguém muito especial
No final da estrada pude ver uma luz
Ao se aproximar vi que era Jesus
Entrou em minha vida, hoje ele me conduz.

ADAPTAÇÕES DO IDOSO

maria josé vieira ( zezex46@hotmail.com)

cidade: sao José dos Campos
estado: SP
idade: De 81 a 90 anos
sexo: masculino
categoria: OUTRAS

titulo: ADAPTAÇÕES DO IDOSO

NESTE MUNDO EM PLENO SECULO XXI OS IDOSOS TEM QUE SE ADAPTAR E ESQUECER O PASSADO.
TEMOS QUE TER CRIATIVIDADE, NÃO TER MEDO, NÃO DIZER NÃO FAÇO , NÃO POSSO, NÃO CONSIGO, ISSO NÃO É VERDADE .VOCÊ ,IDOSO,PODE PODE, PROCURA FAZER TUDO QUE GOSTA TENHA SONHOS ,VIVA O AMANHÃ E NÃO VIVA O ONTEM. 
NÃO EXISTE ESSA GÍRIA QUE VELHO É GAGÁ E ACABOU, ISSO É PRECONCEITO. COMEÇANDO PELA SUA FAMÍLIA. ISTO TUDO QUE FALEI É VERDADE.
TENHO 89 ANOS DE IDADE FAÇO A FACULDADE ABERTA DA 3ª IDADE NA UNESP SJC AINDA NÃO ME CANSEI, CONTINUO COM MEUS SONHOS 
AUTOR: JULIO TEIXEIRA -JACAREI -SP

sábado, 8 de abril de 2017

Encontrei A Cruz Vazia

ANTONIO CARLOS RAMOS ( a.carlos.ramos2011@bol.com.br)

cidade: JACAREZINHO
estado: PR
idade: De 61 a 70 anos
sexo: masculino
categoria: POESIAS


 Encontrei A Cruz Vazia

Sozinho eu seguia pela estrada da vida
Sempre buscando por uma saída 
E do sol deste mundo eu queria sentir o calor
Quando alguém um presente me deu
Era um livro que falava de um Deus
A sua presença era puro amor
Ele vivia no céu em sua glória
Dizia que seu filho aqui ia descer
E a minha historia mudar para sempre
Foi quando alguém me falou
Que encontrou com Jesus o salvador
E a sua vida mudou completamente

Então eu peguei a minha bagagem
Sem pensar no caminho e na viagem
Pois eu estava tão contente
Eu queria conhecer esse homem
Que por onde passava espalhava o amor
Ouvi dizer que muitos doentes ele curou
E muitos mortos trouxe a vida novamente
Mas em todos os lugares aonde eu chegava
Alguém me falava que por ali ele já passou
Um dia ouvi dizer que ele seguia rumo ao calvário
Sozinho carregando uma pesada cruz
Então eu me apressei porque sabia
Que esse homem era o Senhor Jesus

Depois de percorrer muitos caminhos
Ansioso esperando a chegada desse dia
Mas quando lá no calvário eu cheg uei
A minha frente encontrei a cruz vazia.

a.carlos.ramos2011@bol.com.br

JAC 05/04/2017
MARIA AMELIA LEAL ( amelia.leal@aasp.org.br)

cidade: São Paulo
estado: 0
idade: De 61 a 70 anos
sexo: feminino
categoria: POESIAS



Os protestos


Povo na rua se ver
Não devia acontecer
Para bem poder viver
Não para sobreviver!

A Nação toda engolida
Pela lama da cor rupção
A política corrompida
Pela sede de ambição!

A Reforma da Previdência
Necessária, de forma justa
O povo não pode pagar
Por Administração injusta!

O preço de tanta covardia
Mentes somente voltadas
Alimentar própria vilania
Sugando pessoas honradas!

Deus, aceite o meu gesto
Em meio a tanto protesto
Em forma de paz, oração,
Livrai-nos de tanto ladrão!

(Maria Amélia Leal)

Em 15.03.2017 - Dia de 
protestos por causa da
Reforma da Previdência.